KPI’s servem para medir o quanto uma organização está atingindo seus objetivos

KPI é uma métrica muito importante para qualquer negócio, fazendo com que empresas aumentem seus lucros e melhorem sua marca.

Sendo assim, é fundamental entender o que é um KPI e como mensurá-lo da forma correta para que seu negócio permaneça lucrativo.

O que é KPI?

KPI (Key Performance Indicator) é o indicador que pode avaliar o quanto uma organização está atingindo seus objetivos em atividades e iniciativas. Sendo assim, os KPIs podem se concentrar no sucesso do negócio como um todo ou acompanhar e indicar o desempenho de um projeto individual, produtos, departamentos ou estratégias.

Além disso, KPI’s são mensuráveis e quantificáveis, o que permite que ajudem organizações, inclusive, a rastrear e comparar estratégias com concorrentes e iniciativas anteriores ou semelhantes.

De fato: entre as possibilidades de Key Performance Indicator, estão os indicadores econômicos que são constantemente anunciados nos mais diversos veículos de mídia.

Assim, eles ajudam a analisar e concluir como anda a performance do país nos mais diversos setores que, de alguma forma, movimentam a economia.

Por exemplo: podem ser citados o IGP-M, SELIC, INPC, etc. Entendendo o que é KPI, é possível compreender sua importância na economia.

shutterstock 1948582564 min

Qual é a história do KPI?

De fato: indicadores-chave têm longa e ilustre história: embora não se saiba exatamente qual sua origem. Portanto, é fundamental buscar a história dos KPIs.

Primeiramente, acredita-se que os imperadores da Dinastia Wei (China, Século III) avaliavam o desempenho de familiares por meio do uso embrionário e rudimentar de indicadores de performance

Além disso, existem registros esporádicos ao longo da história sobre o uso de métricas objetivas para avaliar o sucesso de empreendimentos.

Entretanto, no início do século 20, as organizações começaram a medir formalmente o desempenho de seus funcionários.

Dessa forma, nasceu o conceito de retorno sobre o investimento (ROI – Return On Investment).

Além disso, nos anos 60, a França apresenta o Tableau de Bord, um documento onde se reúnem os indicadores mais relevantes para se realizar o controle de diferentes níveis organizacionais, ou do sistema como um todo.

Nos anos 90, muitas empresas começaram a perceber que o foco não deveria ser somente produtividade: a qualidade como um todo também merecia toda a atenção.

Portanto, definindo alguns indicadores-chave, os profissionais responsáveis por cada área seriam capazes de analisar a performance da empresa em diversos setores.

Por fim, foi também nesse período, que, com a popularização do Branding e a consequente humanização das marcas, que organizações começaram a alinhar as metas de realização pessoal de seus funcionários, com a iniciativa e desempenho exigidos para as metas de produtividade da organização.

Como funciona o KPI?

Primeiramente, antes de saber como usar KPIs para atingir metas ou objetivos, algumas perguntas devem ser respondidas: Qual o plano? Individual e de negócios? Como (e com quem) se executarão os planos?

Além disso, ainda há duas perguntas importantes: Quais as necessidades da organização? Como (e com quem) serão atendidas essas necessidades?

Dessa forma, um indicador-chave precisa ser claramente definido e declarado: a organização deve ter um plano preciso para medi-lo e atingir o resultado desejado.

Além disso, também é importante que sejam claras e muito bem definidas as medidas para se acompanhar o progresso ao longo do caminho. 

Como usar KPI?

shutterstock 1874712232 1

Uma vez que foi determinado como funciona o KPI, é preciso saber como aplicá-lo da forma correta no seu negócio.

Portanto, para saber o objetivo do KPI, é necessário fazer uso de um exemplo prático.

Por exemplo: para se atingir um determinado valor de vendas, o KPI poderá ser a soma de dinheiro que sua equipe receberá em um determinado período.

Sendo assim, é preciso ser específico sobre este período de tempo e apresentar um plano para atingir esse valor.

Isso posto, quais departamentos da organização estarão envolvidos? Quais pessoas-chave precisarão participar? Quais os checkpoints para avaliação?

Além disso, outro exemplo que merece nota é absolutamente comum e se dá no e-commerce: dois dos indicadores-chave mais básicos e imprescindíveis são o abandono de carrinho e usuários que iniciaram a compra.

Assim, para contas exatas, vamos imaginar que tenha-se registrado 30 abandonos de carrinho no mês.

Por outro lado, anotou-se que 60 usuários iniciaram compras. Enfrentado os dois resultados, temos uma taxa de abandono de 50%.

Dessa forma, caso o ticket médio desse e-commerce seja R$100,00, perdeu-se um faturamento de R$ 3.000,00.

Por fim, é possível prever a necessidade de estratégias com o propósito de melhorar o faturamento.

Como usar KPI no Marketing Digital?

Os tipos de KPI mais usados no marketing digital são aqueles voltados para três áreas:

1. Marketing

Primeiramente, o uso de KPI no marketing, como conceito abrangente, é muito importante. 

Por exemplo: é possível verificar o número de pessoas que estão visitando sua plataforma pela primeira vez, o número de pessoas que estão retornando e o número de leads convertidos.

Portanto, considerando o uso de KPI no marketing digital, é preciso de algumas ferramentas oportunas e/ou especialmente desenhadas para negócios digitais.

Dessa forma, seu uso em mídias sociais, otimização para mecanismos de busca (SEO, Search Engine Optimization) e email marketing são muito úteis.

2. Mídias Sociais

De fato: alinhar KPI em redes sociais é muito importante para verificar diversos fatores em seus negócios.

Por exemplo: o conteúdo gera engajamento? Como se dá a interação com o conteúdo? Quantas visitas orgânicas recebidas provenientes dos canais de mídia social? Quantas visitas recebidas provenientes de anúncios feitos nas mídias sociais?

Além disso, é possível pensar em outros fatores:  o número de seguidores aumenta ou diminui? Por que motivo?

Por fim, essa é uma métrica muito relevante para o Brand Awareness, por exemplo, mas não ajuda diretamente na performance de suas vendas.

3. E-mail Marketing

De fato: alguns exemplos de KPI no e-mail marketing são gerados de forma automática quando você utiliza de um diversos softwares de automação disponíveis.

Por exemplo: em muitas ferramentas, o número de e-mails inscritos nos contatos, a taxa de abertura dos e-mails e a taxa de cliques são dados automaticamente.

Vale a pena usar KPI?

KPI crescimento

Por fim, antes de começar a medir KPI, analisar e comparar dados e resultados da estratégia, deve-se considerar muito bem quais questões se deseja estudar e quais dados devem-se obter para colecionar as informações necessárias.

Além disso, também é necessário definir com crítica e de forma clara quais objetivos são almejados, para se determinar KPI’s adequados e importantes em cada caso.

Por outro lado, um aspecto importante na escolha de indicadores-chave refere-se aos objetivos definidos: devem ser provocantes, porém realistas para o prazo estabelecido.

Uma vez definidos, a análise de KPI pode ser feita periodicamente de acordo com a necessidade e o tipo de dados obtidos.

De fato: a Internet é extremamente competitiva e evolui de forma importante nesse mesmo sentido. Portanto, torna-se cada vez mais importante realizar análises de desempenho para tomar os melhores resultados.

Sendo assim, os KPI’s são especialmente úteis para explorar esse ambiente e atingir os objetivos definidos.

Você conseguiu entender bem como usar o KPI corretamente? Faça um comentário para que nós possamos te ajudar ainda mais!